Sequência das imagens na captura e Nadir

Como fotografar, quantas fotos fazer, sobreposição, foto nadir, balanço de branco, fotometragem
Avatar do usuário
gellock
Mensagens: 5
Registrado em: 05 Out 2013, 17:12

Sequência das imagens na captura e Nadir

Mensagem por gellock » 24 Abr 2014, 12:51

Cartola.
Existe uma sequência certa quando for capturar as imagens para um panorama, para facilitar a costura pelos programas ?
Por exemplo: começar pelo zenith, linha a +30º, 0º, -30º e nadir. Ou isso não afeta em nada nos programas?

Outra dúvida é sobre a captura correta do nadir.
Estou tendo vários problemas na costura ou depois na pós-produção.

Na captura do nadir, a câmera necessariamente tem que estar na mesma altura da utilizada para capturar na linha horizontal?

Há uma forma de fazer o nadir sem aparecer o tripé e ter o trabalho de pós edição?
Estou pesquisando muito sobre isto e tentando fazer uma barra extensora para tirar o tripe
(ou pelo menos um pouco) para facilitar o trabalho no photoshop.

Veja imagem anexa:
Imagem

O que você acha?


Rogerio

Avatar do usuário
cartola
Site Admin
Mensagens: 1225
Registrado em: 11 Mai 2012, 12:40
Localização: Rio de Janeiro
Contato:

Re: Sequência das imagens na captura e Nadir

Mensagem por cartola » 24 Abr 2014, 15:03

Oi Rogério,

talvez a ordem faça diferença em algum programa. No Hugin creio que não faz muito não e se estiver fazendo você pode mudar o modo de detecção de pontos de controle pra que ele procure entre cada foto e todas as outras. Se o padrão for considerar as fotos adjacentes (e existe esse modo) então a ordem fará diferença.

Fotografar o zenith/nadir antes ou depois não fará diferença em nenhum modo, desde que ela tenha sobreposição com uma foto adjacente.

Pro nadir o melhor meio acho que é escolher um ponto sobre uma superfície facilmente clonável. Nesses casos eu faço uma pequena pós edição na face do cubo do nadir. A foto nadir não precisa ser nem na mesma altura nem no mesmo ponto, veja esse post. Dá pra costurar esse nadir deslocado junto com as outras, mas teria que fazer uma otimização manual no Hugin, fazendo translação apenas nessa foto.

O PTGui tem uma função mais amigável pra isso. Nunca usei, mas esse tutorial explica. Talvez em versões mais novas do PTGui esteja ainda mais simples, não sei, só leio as pessoas mencionando isso.

No início cheguei a tentar fazer fotos como você está pensando e a nodal ninja inclusive vende um "adaptador para nadir" que faz isso que você ilustrou com o desenho, mas sinceramente acho desnecessário. Veja ainda esse post sobre o philopod. Com ele tem sobrado se muito um ponto no nadir correspondente ao chumbinho que usei com a linha de pesca. 100m de linha mais o chumbinho não me custaram nem 5 reais. Tenho que fazer umas fotos disso :)

Abs, Cartola.

Avatar do usuário
gellock
Mensagens: 5
Registrado em: 05 Out 2013, 17:12

Re: Sequência das imagens na captura e Nadir

Mensagem por gellock » 24 Abr 2014, 18:16

Cartola,
Valeu pela dicas.
Vou verificar os posts e aviso dos resultados.

Rogerio

Avatar do usuário
cartola
Site Admin
Mensagens: 1225
Registrado em: 11 Mai 2012, 12:40
Localização: Rio de Janeiro
Contato:

Re: Sequência das imagens na captura e Nadir

Mensagem por cartola » 24 Abr 2014, 18:27

Veja também esse post relacionado.

Abs, Cartola.

Avatar do usuário
vt360
Mensagens: 20
Registrado em: 30 Jan 2014, 10:30
Localização: Sao Paulo - SP

Re: Sequência das imagens na captura e Nadir

Mensagem por vt360 » 25 Abr 2014, 22:45

Oi Rogério,

Eu desenvolvi um fluxo de trabalho onde só uso edição para remover defeito do ambiente, buracos , fios, manchas em parede... etc.

Usei como base a ideia do Eric : http://www.fromparis.com/technical/manf ... -head.html.
A Fanotec também gostou da ideia e fez o nadir adapter. Eu Também uso uma 303 modificada, menos monstruosa (rsrsrs), ideal para meu tipo de trabalho.


Abs

Fabio

Avatar do usuário
cartola
Site Admin
Mensagens: 1225
Registrado em: 11 Mai 2012, 12:40
Localização: Rio de Janeiro
Contato:

Re: Sequência das imagens na captura e Nadir

Mensagem por cartola » 30 Abr 2014, 10:20

Pois é,

o ideal, principalmente do ponto de vista comercial, é desenvolver uma receita de bolo repetível e o mais prática possível. Cheguei a usar algo do tipo, virando a câmera pra baixo na cabeça panorâmica, mas realmente não ficou muito mais prático do que simplesmente deslocar o tripé.

Depois que voltei a usar o philopod estou achando muito prática a montagem e dentre outras coisas que me agradam está o fato do nadir já estar na foto, bem como o zenith. Só sobra um pesinho de chumbo absolutamente fácil de tirar depois em qualquer tipo de chão. Ando pensando se não tem como fazer a mesma coisa só que garantindo a estabilidade e posição da câmera.

O workflow que estou usando é de 4 fotos, duas com a câmera inclinada pra baixo e duas pra cima. Faço isso com uma fisheye em 12mm numa full frame e isso me dá uma panorâmica de 12000x6000. A inconveniência é que de vez em quando dá erros na montagem, mas fico pensando se não tinha como usar o philopod junto com um monopé ou tripé pra garantir a posição. Tô amadurecendo a ideia...

Abs, Cartola.

Responder