Meu primeiro tour

Suas fotos para divulgação, troca de ideias, primeiras montagens, memoráveis
claudiocoj
Mensagens: 7
Registrado em: 30 Out 2013, 08:45

Meu primeiro tour

Mensagem por claudiocoj » 28 Jan 2014, 12:15

bem pessoal meu primeiro passeio virtual, não sei fazer o nadir ainda, usei nodal 4 , autopano, photoshop pro nadir e panotour 1.8 p tour

http://www.imobiliariajr.com.br/pulse/pisom/

critiquem para que eu possa melhorar, obrigado ;D

Avatar do usuário
cartola
Site Admin
Mensagens: 1225
Registrado em: 11 Mai 2012, 12:40
Localização: Rio de Janeiro
Contato:

Re: Meu primeiro tour

Mensagem por cartola » 28 Jan 2014, 14:20

Legal,

pra um primeiro tá excelente!

Se me permite comentar, o nadir pode ser feito com uma foto deslocada, já comentado por aqui. O PTGui tem funcionalidade explícita pra isso, mas acho que o autopano não. Eu faço no Hugin, mas em duas etapas, como comentei aqui, acertando a foto deslocada e depois encaixando ela.

Pode também clonar uma parte pra tapar o que faltar, mas pra isso é melhor trabalhar com o formato cúbico.

Na primeira foto dá pra notar uma pequena falha de encaixe na viga que separa as salas e isso é bem fácil corrigir com o Photoshop. Eu uso o GIMP, mas dá na mesma (só é mais barato kkk). Costumo selecionar um trecho longo da linha a ser ajustada até o ponto desencontrado. Faço uma seleção enevoada (de borda embaçada), copio e colo no mesmo lugar pra poder girar colocando o centro do giro no lado oposto ao erro. Não sei se deu pra entender, mas talvez tenha nuns vídeos que já fiz.

Abs, Cartola.

Stoledo
Mensagens: 128
Registrado em: 14 Fev 2013, 15:28

Re: Meu primeiro tour

Mensagem por Stoledo » 28 Jan 2014, 14:42

Parabéns, ficou muito bom.

Vi um pequeno erro no box da suíte do quarto1, perto do piso e nada mais.
A propósito, quanto vc cobrou por esse serviço?

Abs

claudiocoj
Mensagens: 7
Registrado em: 30 Out 2013, 08:45

Re: Meu primeiro tour

Mensagem por claudiocoj » 29 Jan 2014, 08:47

Cartola, obrigado pelas dicas, eu ate tenho o adaptador nadir da nodal para fazer deslocado no proprio tripe, mais no autopano
nao consigo colocar com perfeição de jeito nenhum, testei o ptgui, acertei de primeira com ele aqui, vou corrigir os erros desses ,
depois vou colocando mais trabalhos.



tenho observado nas suas imersivas vc sempre tira um angulo mais baixo, por que isso? eu posiciono no 0 da nodal

ah uso 8mm cropada

Stoledo, Obrigado, vou corrigir a observação que vc fez

esse material eu não cobrei, foi mais pra um teste aqui onde trabalho,

mais penso em cobrar na faixa dos R$ 2.500 por ap/casa completa ate 9 comodos , não sei quando fazeria
por uma unica imersiva o valor encaixa no publico que eu atendo na minha cidade
pouco menos de 400 mil habitantes


Obrigado pelas dicas pessoal

Stoledo
Mensagens: 128
Registrado em: 14 Fev 2013, 15:28

Re: Meu primeiro tour

Mensagem por Stoledo » 29 Jan 2014, 09:51

Oi Claudio,

Acredito que esse é um valor justo, afinal não é tão simples assim e, apesar de poder ser feito sem equipamentos específicos, a maioria investe em equipamento.
Eu não trabalho com fotografia, é um hobby, mas uma pessoa me pediu quanto cobraria para fazer um trabalho como o seu e eu disse um valor parecido com o que vc deu e ele achou muito caro, minha cidade tem o mesmo porte que a sua.

Abs

Avatar do usuário
cartola
Site Admin
Mensagens: 1225
Registrado em: 11 Mai 2012, 12:40
Localização: Rio de Janeiro
Contato:

Re: Meu primeiro tour

Mensagem por cartola » 29 Jan 2014, 11:48

Claudio,

eu faço com inclinação pra baixo pra diminuir o buraco do nadir que vai sobrar pra ser tapado.

Não acho que seja necessário o adaptador do nadir para chão plano. Você simplesmente desloca o tripé de lugar e tira uma foto, depois altera a perspectiva dela e ela vai ficar uma retilinear, como se você tivesse escaneado o chão, uma foto plana que vai se encaixar em qualquer nadir independente do ponto de onde fotografou. Chegou a ler o post que mencionei? É o de uma foto no Real Gabinete. Veja que tirei a foto do nadir uns 2 ou 3 m deslocado do ponto de onde usei o mastro.

Abs, Cartola.

Stoledo
Mensagens: 128
Registrado em: 14 Fev 2013, 15:28

Re: Meu primeiro tour

Mensagem por Stoledo » 29 Jan 2014, 12:13

Oi Cláudio e Cartola.

Eu faço diferente de vc Cartola.
Uso cabeça nodal ninja 4 e quando faço a foto do nadir eu aponto a câmera para o centro da cabeça, apontando diretamente para baixo, claro que fica a imagem da cabeça e do tripé. Depois faço uma imagem com a câmera na mão, mais ou menos na mesma altura do tripé, apontada para o chão (coloco a tampa da lente ou outro objeto para marcar o local). Com essas duas imagens fica mais fácil a costura e máscaras para esconder o tripé.

Abs.

Sandro Toledo

Avatar do usuário
cartola
Site Admin
Mensagens: 1225
Registrado em: 11 Mai 2012, 12:40
Localização: Rio de Janeiro
Contato:

Re: Meu primeiro tour

Mensagem por cartola » 29 Jan 2014, 14:48

Oi Sandro,

então, com a inclinação pra baixo eu vou até a câmera tangenciar o tripé, daí já pego tudo de útil que você pega com essa sua foto pra baixo e dependendo da lente que estiver usando com uma única foto zenith tapo o buraco pra cima. Lembrando que pra cima é fácil, pois o giro é feito com a câmera ainda no tripé, usando o NPP.

Muitos nadir's são tapáveis assim com uma simples clonagem. Sempre que posso posiciono o conjunto em cima de coisas clonáveis, como grama, asfalto, areia, concreto, etc, daí nem fotografo o nadir. Mesmo em algumas situações, como essas das fotos do Cláudio, se você gerar o cubo é capaz de ter material suficiente pra clonar e tapar o nadir dessa forma, pois o buraco ali fica bem pequeno.

Podem experimentar isso com as fotos que já disponibilizei por aqui em outro tópico em que ofereci imagens de exemplo. As que fiz num salão com a Mk III são tipicamente esse caso. 6 fotos na horizontal, 2 pra cima pra garantir (não lembro se uma já tapava tudo) e uma com o tripé arrastado pro lado (sem qualquer critério, só chegado pro lado pra pegar o chão sobre o qual eu estava antes.

Tá me lembrando um pouco quando lançaram um tópico na lista do Hugin perguntando a receita / workflow de cada um. Surgiram sequências bem diferentes que cada um usava, mas no final dava tudo certo. Todos os caminhos levam a Roma e quem tem boca vai...

Abs, Cartola.

Stoledo
Mensagens: 128
Registrado em: 14 Fev 2013, 15:28

Re: Meu primeiro tour

Mensagem por Stoledo » 29 Jan 2014, 16:01

Isso que legal do fórum, trocar experiências!

O zenith é o que acho mais fácil porque com a caneça Nodal Ninja é só virar para cima que fica certinho, nunca tive problemas. E o nadir gosto de fazer com a foto fora do tripé que quase sempre dá certo.

Eu passei a fazer o nadir com a câmera na mão depois que vi como funciona o Nadir Adapter (acessório da Nodal Ninja) é só fazer igual, mas sem o acessório com a câmera na mão.

No seu caso Cartola vc não faz as fotos em 90° em relação ao nadir, sempre fica mais para baixo para que ao rodar ela tangencie o tripé, quantos graus vc abaixa ela? Ou faz no olhômetro mesmo?

Abs.

Sandro

Avatar do usuário
cartola
Site Admin
Mensagens: 1225
Registrado em: 11 Mai 2012, 12:40
Localização: Rio de Janeiro
Contato:

Re: Meu primeiro tour

Mensagem por cartola » 29 Jan 2014, 16:33

Faço no olhômetro total, vou baixando até aparecer a pontinha do tripé, e as vezes uma pontona :) mas quanto mais aparece pior, por que se usar detecção automática de pontos de controle corre o risco dele achar que os pontos do tripé são comuns - como alias o são - só que não é o que queremos :)

Já fiz muito com a mão também, depende da situação. Ali no Real Gabinete não seria viável, pois usei múltipla exposição com exposições que ficaram mais longas, com até 10s, como está na Ficha Técnica que sempre boto nos meus posts do blog. Como deixei ela retilinear, com linhas perpendiculares, acabou ficando como se escaneasse o chão, plano como ele de modo que encaixaria em qualquer foto feita em qualquer ponto, não preciso me preocupar em tirar de onde o tripé estava.

Acho que o PTGui tem uma funcionalidade que faz isso direto, costurando a imagem fotografada junto com as outras logo de cara. Vejam aqui. Na verdade é o que eu fiz com o exemplo do Gabinete, só que direto na foto. Ele corrige o ponto de vista da foto. Ainda não tentei costurar a imagem do nadir deslocada direto, mas talvez seja possível no Hugin também.

Abs, Cartola.

Responder