Como girar a máquina - o ponto nodal

A técnica geral de criação de panorâmicas e imagens de alta definição, determinação do ponto nodal (entrada da pupila) da lente, etc
Avatar do usuário
cartola
Site Admin
Mensagens: 1222
Registrado em: 11 Mai 2012, 12:40
Localização: Rio de Janeiro
Contato:

Como girar a máquina - o ponto nodal

Mensagem por cartola » 03 Jun 2012, 10:56

Oi,

essa é uma dica pra quem está querendo começar a fazer panorâmicas da esfera completa.

Uma das principais preparações que você tem que fazer pra fotografar uma panorâmica é encontrar o ponto nodal de sua câmera. Mas o que é o ponto nodal? É o ponto em torno do qual você deve girar sua câmera de modo que não exista diferença de posição relativa entre os objetos a medida que você gira.

Em uma panorâmica parcial isso é muito pouco importante, mas em uma panorâmica completa é crítico, pode acreditar.

E não adianta girar a câmera presa de maneira convencional em um tripé. O ponto em que as câmeras ficam normalmente presas em tripés não as fazem girar em torno do ponto nodal. Veja as imagens:

Imagem

É esse tipo de diferença que vai acontecer girando a câmera fora do ponto nodal. A caneta, posicionada muito mais perto da câmera que o armário, aparece em posições diferentes em relação ao armário nas fotos. Você pode observar isso facilmente com seus olhos também. Se você se colocar num ponto fixo observando um objeto bem perto e outro longe, note a posição relativa entre eles e como ela muda se você gira a cabeça de qualquer maneira. É preciso girar sua cabeça em torno da entrada da pupila do seu olho para que isso não aconteça. E tem que ser de apenas um dos olhos hein! Cada um tem um ponto nodal diferente.

Esse efeito de diferença de perspectiva é chamado de erro ou problema de parallax.

É necessário ter uma cabeça de tripé apropriada pra fazer a câmera girar como mostrado na figura abaixo:

Imagem

Notem que a cabeça de tripé permite que ela gire na vertical também em torno do ponto nodal. Notem ainda o ponto branco no centro da lente quando ela está de frente. É a entrada da pupila da lente, que podemos ver por que trata-se de uma câmera SLR. Em câmeras compactas não dá pra ver esse ponto.

Não se assuste também com o equipamento da foto. É possível fazer panorâmicas 360x180 com qualquer câmera e também é possível montar uma cabeça panorâmica caseira sem muita complicação. Veja alguns modelos caseiros aqui.

Claro que é preciso encontrar a posição correta da câmera na cabeça de tripé. Saber a posição correta poderia inclusive facilitar a confecção de uma cabeça artesanal, pois não seria necessário fazê-la regulável. Veja aqui uma base de dados com algumas medidas de algumas câmeras.

Abraços, Cartola.

Avatar do usuário
Alex Lopes
Mensagens: 6
Registrado em: 27 Ago 2012, 10:52
Contato:

Re: Como girar a máquina - o ponto nodal

Mensagem por Alex Lopes » 28 Ago 2012, 00:34

Cartola, confesso que tive dificuldades em entender o princípio do problema de parallax (quando li pela segunda vez é que tive uma visão clara). Logo fiz uma pesquisas e achei esse vídeo: Panoramic photography - how to find the Nodal Point (no parallax point) of your lens..., que complementa o seu texto.

Obrigado por contribuir!

Avatar do usuário
epassarin
Mensagens: 89
Registrado em: 21 Ago 2012, 18:46
Localização: Piracicaba / SP
Contato:

Re: Como girar a máquina - o ponto nodal

Mensagem por epassarin » 27 Fev 2013, 11:33

Olá Pessoal.

Bom, minha cabeça panoramica chegou...yupiii...Não ;e lá uma Nodal Ninja, mas é bem parecida..é uma Gimbal ou coisa parecida, bem resistente, com todas as escalas, porem encontrar as medidas corretas nela é um tanto complicado, não sei no que o cara estava pensando quando colocou as escalas de medida.
Bem, estou tento algumas dificuldade e nao sei se esta certo o que estou fazendo, porem vou postar uma fotos pra quem puder me ajudar dar uma forcinha.

Eu não sei se esta correto a forma que estou tentando encontrar o ponto nodal, por isso vou colocar as fotos e isso foi o mais perto que cheguei dele, mas fazendo ajustes na propria cabeça e com o visor em modo vierview.


Ai estao, entao se alguem puder opnar eu agradeço. Se for necessario esse ajuste, o que é preciso acertar primeiro, a haste que esta no tripé ou a haste que esta a camera?
Agradeço desde já
Anexos
30º a direita
30º a direita
30º a esquerda
30º a esquerda
Foto Central
Foto Central
VISO PHOTO by emerson passarin
www.visophoto.com.br
epphotographer@gmail.com

vivafloresta
Mensagens: 27
Registrado em: 06 Set 2012, 16:17
Localização: Curitba
Contato:

Re: Como girar a máquina - o ponto nodal

Mensagem por vivafloresta » 27 Fev 2013, 12:37

Ainda tem um pequeno desvio e dá pra melhorar isso, mas se os objetos nao estiverem mais próximos que isso da camera, dá pra corrigir depois. Precisa fazer um ajuste fino, aí vc marca as medidas exatas, pra nao correr o risco de ter que repetir todo o processo.
"Se tenho uma mensagem aos principiantes é que não há atalhos na fotografia!" Edward Eston

ALOEBRASIL
Mensagens: 76
Registrado em: 19 Out 2012, 12:06
Localização: Curitiba / PR
Contato:

Re: Como girar a máquina - o ponto nodal

Mensagem por ALOEBRASIL » 27 Fev 2013, 13:04

Bom dia epassarim!

Olhe este vídeo que o colega Alex Lopes divulgou aqui no fórum, ele mostra uma forma simples de regular a cabeça panoramica e encontrar o ponto nodal!
Gilberto Moreira
aloe_brasil@hotmail.com

(41) 3538-3691 GVT
(41) 9648-5665 TIM


Styluss - http://www.styluss.com.br
Arquitetura e Decoração - http://www.moveiscarmesim.net/rafael/rafael_tour.html

Avatar do usuário
epassarin
Mensagens: 89
Registrado em: 21 Ago 2012, 18:46
Localização: Piracicaba / SP
Contato:

Re: Como girar a máquina - o ponto nodal

Mensagem por epassarin » 27 Fev 2013, 13:22

ALOEBRASIL escreveu:Bom dia epassarim!

Olhe este vídeo que o colega Alex Lopes divulgou aqui no fórum, ele mostra uma forma simples de regular a cabeça panoramica e encontrar o ponto nodal!



Desculpe ALOEBRASIL, eu noa encontrei o link
VISO PHOTO by emerson passarin
www.visophoto.com.br
epphotographer@gmail.com

Avatar do usuário
eFe
Mensagens: 43
Registrado em: 13 Mai 2012, 14:22
Localização: Itu, São Paulo, Brasil
Contato:

Re: Como girar a máquina - o ponto nodal

Mensagem por eFe » 27 Fev 2013, 14:32

vivafloresta escreveu:Ainda tem um pequeno desvio e dá pra melhorar isso, mas se os objetos nao estiverem mais próximos que isso da camera, dá pra corrigir depois. Precisa fazer um ajuste fino, aí vc marca as medidas exatas, pra nao correr o risco de ter que repetir todo o processo.
Tente fazer com que a haste de trás fique completamente coberta nas três posições.

Seria interessante se informasse o conjunto que usa: corpo + objetiva.

Tbém pode procurar pelas medidas de localização do NPP na Wiki PanoTools ;)

http://wiki.panotools.org/Entrance_Pupil_Database

Abraço!
eFe - www.UmOlharDiario.com.br
Sim, nós continuamos fotografando todos os dias.

Avatar do usuário
epassarin
Mensagens: 89
Registrado em: 21 Ago 2012, 18:46
Localização: Piracicaba / SP
Contato:

Re: Como girar a máquina - o ponto nodal

Mensagem por epassarin » 27 Fev 2013, 16:01

eFe escreveu:
vivafloresta escreveu:Ainda tem um pequeno desvio e dá pra melhorar isso, mas se os objetos nao estiverem mais próximos que isso da camera, dá pra corrigir depois. Precisa fazer um ajuste fino, aí vc marca as medidas exatas, pra nao correr o risco de ter que repetir todo o processo.
Tente fazer com que a haste de trás fique completamente coberta nas três posições.

Seria interessante se informasse o conjunto que usa: corpo + objetiva.

Tbém pode procurar pelas medidas de localização do NPP na Wiki PanoTools ;)

http://wiki.panotools.org/Entrance_Pupil_Database

Abraço!


Boa tarde

Meu conjunto é uma Nikon D7000 + Samyang / Rokinon 8mm manual

Minha duvida é

Movimento as duas barras do conjunto da cabeça panoramica, tipo a base que esta a camera e a base que esta a cabeça?

Grato

E.Passarin
VISO PHOTO by emerson passarin
www.visophoto.com.br
epphotographer@gmail.com

Avatar do usuário
cartola
Site Admin
Mensagens: 1222
Registrado em: 11 Mai 2012, 12:40
Localização: Rio de Janeiro
Contato:

Re: Como girar a máquina - o ponto nodal

Mensagem por cartola » 27 Fev 2013, 17:22

Algumas dicas:
  • movimente girando todo o conjunto apenas no eixo vertical, ou seja, no ponto onde a cabeça se prende ao tripé. Espero que isso responda sua última pergunta, pois não a entendi bem.
  • o ideal é comparar a posição de um objeto perto com a de um objeto longe. Talvez ainda esteja bem descalibrada considerando que usou objetos colados um no outro. O teste com a fita na janela é bom por causa disso. Veja nesse link se te ajuda a entender mais o processo.
  • As medidas do seu conjunto estão no link passado pelo vivafloresta. deve usar 43mm como medida H e 40+50=90mm como medida L1+L2
  • Não precisa usar as escalas da cabeça. Se estiverem ruins use uma simples régua pra botar as medidas acima. Depois que estiver no lugar certo pode guardar em que posição das escalas ficou pra não precisar mais de régua :)
Nos mande outra mensagem se tiver dificuldades pra saber onde colocar cada uma dessas medidas. Elas estão explicadas tanto no link que o vivafloresta passou quanto nesse que sugeri que olhasse no meu wiki.

Abs, Cartola.

Avatar do usuário
epassarin
Mensagens: 89
Registrado em: 21 Ago 2012, 18:46
Localização: Piracicaba / SP
Contato:

Re: Como girar a máquina - o ponto nodal

Mensagem por epassarin » 28 Fev 2013, 10:22

Bom dia pessoal.

Cartola, fiz um novo teste com os tais ajustes finos.
Parece que melhorou bem do que estava.
Vou fazer o teste com um ponto mais distante agora e depois eu posto, mas so pra me certificar, acha que assim esta melhor do que o outro?
Eu afastei mais a camera tbm para fazer o novo teste..segue imagens.

Agora surgiram algumas duvidas.
Quanto a abertura do diafragma para panoramica, qual é a melhor? 5.6, 8, 11
E quanto ao ISO, posso fotografar com ISO mais alto tipo 400, 640? Ou é aconselhavel ISO 100 no maximo 200?
Notei que a velocidade, pelo menos em ambiente interno fica muito baixa, tipo, 1/2, 1/4, 1/8...Para foto panoramicas estaticas como interiores, construções etc creio que não haja problema, mas e quando for algo externo, tipo num parque por exemplo? Essa velocidade vai deixar muitos rastros de pessoas passando, carros etc, nesse caso seria aconselhavél aumentar o ISO e a velocidade ou diminuir a abertura. Desculpe, mas vendo as fotos pintou essa duvida.

Att
EPASSARIN
Anexos
giro a esquerda
giro a esquerda
central
central
grio a direita
grio a direita
VISO PHOTO by emerson passarin
www.visophoto.com.br
epphotographer@gmail.com

Responder